Coach nutricional Gabi Lodewijks ensina receita para evitar ressaca no Carnaval

Gabi Lodewijks (Foto: Vivian Costa Photography)

A coach nutricional e influenciadora digital Gabi Lodewijks ensina a receita para minimizar os impactos do consumo de álcool no período de folia carnavalesca. Saiba o que fazer para não ter ressaca após o Carnaval

RIO DE JANEIRO, 27 de Fevereiro de 2019 — O Carnaval está chegando, e muita gente gosta de passar um pouco da medida na ingestão de bebidas alcoólicas durante os dias de carnaval. No entanto, a consequência disso, além de momentos não tão memoráveis, é uma terrível dor de cabeça, proveniente da ressaca causada pela farra alcoólica do dia anterior. 

Para ajudar os foliões, que farão a festa em todo o Brasil neste período de Carnaval, a evitarem os principais sintomas da ressaca, e terem um pós carnaval com mais dignidade, a coach nutricional Gabi Lodewijks, referência em bem estar no Brasil e na Europa, e criadora do projeto Vida Saudável, tem a solução. Gabi separou algumas dicas importantes para evitar, ou ao menos diminuir, o efeito da ressaca:

Gabi Lodewijks em seu consultório em Amsterdam, Holanda (Foto: Reprodução / Instagram)

Alimente-se bem antes de ingerir álcool

Nunca vá para folia “tomar todas” de estômago vazio, ou seja, com mais de 2h sem ingerir alimentos. Se o álcool for tomado em jejum, ele chega mais rapidamente à corrente sanguínea e precipita seus efeitos, que podem atingir o clímax entre 30 minutos e 2 horas depois do consumo. A maior parte do álcool é absorvida pelo intestino delgado, para onde passa rapidamente quando ingerido de estômago vazio, provocando um pico elevado de concentração no sangue.

Bebe bastante água 

A água o mantém hidratado, e você beberá menos álcool, já que logo ficará com a barriga cheia de água. Intercale com água e alguns petiscos. Os alimentos retardam a ação do álcool, fazendo com que demore mais a chegar ao cérebro.

No dia seguinte, hidrate-se e faça refeições leves. Chá de macela e erva cidreira são ótimos desintoxicantes. Chá verde e de hortelã são bons para após as refeições, pois ajudam na digestão. 

Ressaca (Foto: Reprodução / Pixabay)

Tomar café não ajuda a curar ressaca

Ao contrário do que acredita-se popularmente, o café não ajuda a curar a ressaca. A eliminação do álcool pelo corpo dá-se através do fígado. Logo, o café vai ser inútil para curar a ressaca, uma vez que não tem qualquer interferência no nível de álcool no sangue. Só com o passar do tempo é que os níveis se vão estabilizar.

O que consumir no dia seguinte para ajudar a curar a ressaca?

Água água e muita água. 

Chá com gengibre fresco é ótimo pois o gengibre ajuda a curar o enjoo.

Ovos, pois São de fácil digestão e contém cisteína, um aminoácido que ajuda a eliminar o álcool do organismo. Então faça um delicioso omelete.

Banana também é um ótimo alimento para curar ressaca pois é rica em potássio um mineral que faz com que você se sinta melhor. Além disso a banana e rica em  eletrólitos que você perdeu quando estava bebendo.

E não podemos deixar nossa querida água de coco de lado. Inclusive nela contém mais mais potássio do que na banana. Quando temos falta de potássio sentimos dores de cabeça, enjoo, tontura. Então não deixa de consumir essa maravilha para curar a ressaca.

Frutas e verduras a vontade. Evite alimentos gordurosos e café.

27 de fevereiro de 2019