Conheça ‘Fernando 3D’, um dos principais nomes do Design Digital e Animação 3D no Brasil

Os brasileiros tem chamado atenção do mercado nacional e internacional no design, artes e computação gráfica. Depois que o diretor Carlos Saldanha ganhou destaque mundial com a animação “A Era do Gelo”, os olhos do resto do mundo voltaram-se mais para talentos do design e das artes made in Brazil. E o Brasil não para de surpreender
 
Um dos expoentes da arte digital no Brasil é o paulistano Fernando R. de Oliveira, conhecido como Fernando 3D. Com 34 anos de idade e 15 anos de experiência em animações e produções artísticas e criação de conteúdo para a internet, Fernando é diretor de arte, web e motion em uma das maiores agências de publicidade do Brasil e participou de trabalhos relevantes na cena da animação e arte digital nacional como o Mundo Canibal, Fábrica de Quadrinhos e f.biz e por isso foi reconhecido com o prêmio de Design e Criação de produtos promovido pela faculdade Unibero. 
 
Fernando 3D é diretor de arte e especialista em animação digital – Foto: Andreza Santana
 
No campo artístico, Fernando conta que o 3D e a arte digital mudaram a industria do entretenimento e até mesmo a percepção e o imaginário popular: “acredito que o 3D, a modelagem 3D e a concepção de personagens através da computação gráfica, mudou a forma de olhar das pessoas. Hoje monstros, heróis e lutas espaciais que antes eram apenas ‘reais’ em nossas imaginações tomam forma diante dos nossos olhos. Um dos fatores que mudou o mundo do 3D foi a animação em 3D. Como exemplo, Toy Story, Os Incríveis, Monstro S.A, Avatar, etc. Pois para se chegar àquele resultado foram feitos estudos que revolucionaram as técnicas de modelagem e animação para aprimorar movimentos e formas reais”.
Fernando 3D também é influenciador digital e tem um canal no YouTube – Foto: Andreza Santana
 
Fernando revela o que o levou a especializar-se no 3D: “Sempre fui muito fascinado por esses estudos tecnológicos e animações. Na migração do 3D para a computação gráfica (onde a aplicação e o conceito é exatamente o mesmo) foi um marco, tanto pra mim quanto para essa indústria de um modo geral, o uso da tecnologia e do 3D nos filmes na Trilogia Matrix. Um filme com marco histórico no mundo dos cinemas e na minha vida também”.
 
O diretor de arte  também fala sobre a importância da sua profissão e do design na realidade atual do mercado de trabalho: A importância do meu trabalho mexe com a identidade visual da marca. Trabalhando todo seu branding (e re-branding também)  e aplicações da comunicação visual, mídias sociais e campanhas a serem aplicadas e replicadas. Trabalhamos com o Digital e Offline (impressões)”.
 

11 de abril de 2019