Daiane Cunha usa o poder do marketing digital para ajudar brasileiros a realizar o sonho da cidadania italiana

A empresária e influenciadora digital Daiane Cunha é sócia fundadora de uma empresa com sede na Itália que ajuda brasileiros a requerer a cidadania italiana de forma atualizada.

O Brasil é o país com o maior número de descendentes de italianos do mundo. Segundo a Fondazione Migrantes, que organiza o Rapporto Italiani nel Mondo, são cerca de 30 milhões de brasileiros que tem ascendência italiana, o que corresponde à metade do total das pessoas com herança genética italiana no mundo.

Devido à diversas situações que tem acontecido no Brasil, crises na segurança pública, economia e instabilidades políticas, muitos brasileiros sonham em mudar de país e recomeçar na Europa, que oferece aos novos residentes inúmeras oportunidades, qualidade de vida e alguns dos mais altos índices de desenvolvimento humano (IDH) do mundo. Logo, a procura pela dupla cidadania, em especial a italiana, tem aumentado vertiginosamente.

Daiane Cunha, sócia fundadora da Treggio, empresa com sede na Itália que está ajudando pessoas ao redor do mundo, em especial brasileiros, a conseguir ter a sua cidadania italiana, revela que muitos brasileiros não sabem dos direitos que têm e desconhecem sua ascendência: “A herança genética italiana no Brasil é imensa e muitos brasileiros com sobrenomes italianos não sabem que têm direito à dupla cidadania. Outras até sabem que têm parentes italianos no passado, mas desconhecem os procedimentos de como comprovar a ascendência italiana e aplicar para o processo de cidadania.” 

O sonho europeu

Daiane revela como começou a sua empresa, que está a quase 2 anos no mercado: “Eu fiz intercambio em 2017 para estudar inglês na Irlanda,  e lá eu descobri que eu tinha direito à cidadania italiana através do meu pai. Então eu vim para Itália, fiz todo o processo e hoje tenho a minha cidadania europeia, que me abriu diversas oportunidades. Então decidi auxiliar brasileiros a requerer esse direito através do meu trabalho como especialista em marketing digital, unindo forças com advogados e especialistas na Itália, fornecendo completa assessoria para aqueles que assim como eu buscam novos horizontes.” 

Segundo Daiane Cunha, ter a cidadania é ideal para aqueles que pensam em sair do Brasil e buscam novo começo e oportunidades na Europa: “Muitas pessoas acabam saindo do Brasil e optando por vários outros destinos sem saber que podem ter direito à cidadania italiana, se tornar um cidadão europeu e assim ter acesso a benefícios, sistema de saúde e previdência social europeus e a trabalhar e viver em qualquer um dos países da União Europeia como europeu.” 

A empresária e especialista em marketing digital aponta que o papel de sua empresa é proporcionar a brasileiros que buscam o ‘sonho europeu’ a realização de suas metas: “Nossa empresa cuida de todo o processo, desde constatar que a pessoa tem o direito à cidadania até a busca de documentações em cartórios brasileiros e italianos, análise de documentações, resolução de burocracias, acionar advogados nos dois países e todo o processo da assessoria, que pode ser realizada no Brasil ou na Itália, quando o cliente decide vir para o país, diminuindo o tempo de processo de 2 anos, quando se pede a cidadania no Brasil, para 3 a 6 meses estando aqui na Itália.” 

Passaporte italiano é dos mais poderosos do mundo

Quem tem a dupla nacionalidade tem direito também a portar o passaporte italiano, que abre as portas do mundo: “com o passaporte italiano, é possível fazer turismo em centenas de países sem a necessidade de visto. O passaporte italiano é aceito em mais de 173 países, sendo um dos quatro mais poderosos do mundo. Um italiano pode ser turista, por exemplo, nos Estados Unidos, sem necessidade de visto, o que já não acontece com cidadãos que só tem o passaporte brasileiro.”

30 de julho de 2020