Dr Tiago Miolo explica como funciona o Transplante de Barba

Tratamentos clínicos com loções e shampoos podem ajudar a engrossar os  pelos na região da barba, mas nunca nascer cabelos onde não havia raízes, explica o cirurgião plástico Tiago Miolo.

Divulgação

Não há dúvidas que a barba é um componente estético que marca a identidade do homem. Na atualidade, ela tomou força e veio para ficar, quer dizer, em quem pode ter este atributo estético. 

Tratamentos clínicos com loções e shampoos podem ajudar a engrossar os  pelos na região da barba, mas nunca nascer cabelos onde não havia raízes, explica o cirurgião plástico Tiago Miolo. Para isso temos a opção do transplante da barba, que pode ser realizado nas pessoas imberbes (nome dado a ausência total de barba), apenas falhas ou para cobrir cicatrizes indesejadas.

O médico ainda aponta a complexidade do procedimento, e que resultados satisfatórios são alcançados quando realizados por cirurgiões experientes no assunto. “Na barba obedecemos sentido, angulação e direção dos fios, onde na face muda constantemente. A destreza e experiência de quem realiza vale muito, pois está visível na face, tudo para alcançar uma naturalidade desejável”. O procedimento não é indicado para homens jovens, pois a barba ainda não está formada, geralmente aguardamos por volta dos 30 anos de idade, onde a formação da mesma já estabilizou. Dr Tiago Miolo enfatiza que outra questão em que o médico deve ficar atento na consulta pré operatória, é a história de calvície na família, pois caso necessite retirar raízes da parte de trás do couro cabeludo, num futuro, para uma possível cirurgia de transplante capilar, poderá não haver muitos cabelos disponíveis, uma vez que muitos foram destinados a barba.

A cirurgia é realizada  com anestesia local e leve sedação, realizado pela equipe de anestesia. O paciente tem alta no mesmo dia e pode até praticar exercícios leves após dois dias. Para aqueles mais ansiosos vale lembrar que o resultado final não é imediato, os pelos transplantados caem aos poucos durante o primeiro mês e voltam a crescer somente após três ou quatro meses. “Após os novos pelos crescerem já pode voltar a se barbear normalmente, pois eles sempre nascerão no mesmo lugar”, explica Dr. Tiago Miolo.

O médico conclui que a moda não indica e nunca indicará uma cirurgia, mas pessoas que desejam a melhora da autoestima por meio deste procedimento, ficam muito satisfeitas, graças as técnicas avançadas e profissionais capacitados.

16 de novembro de 2020