Empreendedor cria plataforma de educação e libera o código fonte para cliente

A Innovio lançada em fevereiro de 2020 já possui mais de 2 mil empresas e projeta faturar 2 milhões de dólares em 2020

Divulgação

Rafael Müller, empresário, atua no mercado de plataforma white label desde 2012, atuou até outubro de 2019 em uma empresa de software de rastreamento veicular, mas estava procurando algo novo para se conectar, ter algum propósito de vida e investir. Depois de muito estudo, viu uma oportunidade no mercado de ensino à distância e decidiu criar a Innovio.

“A Innovio é uma ponte que conecta alunos e professores. Eu buscava algo com propósito para fazer o bem para as pessoas e a plataforma me trouxe isso. Eu sinto uma satisfação imensa quando vejo que o meu trabalho vai permitir que novas pessoas se conheçam e aprendam algo juntos”, afirma Rafael Müller, criador da Innovio. 

O objetivo do empreendedor é desburocratizar os métodos de ensino e fomentar novas formas de aprendizado e, ele acredita, que com uma plataforma intuitiva, sem taxas desnecessárias e que oferece autonomia total para a instituição de ensino ou para o professor, isso seja possível. 

Com um investimento de R$ 80 mil, o empresário conseguiu contratar uma equipe de desenvolvedores e, também, um suporte técnico localizado em Bangladesh, para criar a plataforma, que é diferente de tudo que já estava disponível no mercado. Depois de quatro meses desenvolvendo toda a base, Rafael lançou a Innovio, duas semanas antes de a quarentena ser instalada no Brasil e obrigar as pessoas a ficarem em casa. 

“Lancei a plataforma na última semana de fevereiro e não imaginava que em menos de 15 dias iria ter a procura que teve. Mas a busca não parou e em cinco meses, já conseguimos disponibilizar nossa solução para mais de 2.160 empresas em 150 países diferentes e em 24 idiomas”, explica Müller.  

A plataforma EAD é flexível e se adapta facilmente a diferentes propósitos, como, por exemplo, instituições de ensino, professores autônomos, desenvolvedores, agências, empreendedores e startups. 

Por conta da demanda que está surgindo, Rafael já investiu US$ 50 mil para ter a plataforma em outros idiomas e, também, em outros países, como, por exemplo, Estados Unidos, Austrália e Inglaterra. “A demanda do EAD é global e não podemos nos limitar apenas no território brasileiro. Conto com uma equipe em cada país para me ajudar na estruturação do site e fazer todos os ajustes. Em poucos dias, estaremos na América do Norte, Europa e na Oceania. Em menos de um ano, vamos estar presentes em todos os continentes”, explica Müller. 

Com todo o sucesso, investimentos que fez e a quantidade de empresas que estão contratando a plataforma, Rafael pretende faturar, até dezembro de 2020, US$ 2 milhões. 

Como funciona

A Innovio apresenta, inicialmente, dois tipos de utilizadores: administrador e aluno. Caso, for necessário o cadastro de diversos professores e funcionários, é possível ativar a opção de multiprofessores, criando então um terceiro nível de acesso. 

Depois disso, é necessário instalar a Plataforma EAD e isso acontece em poucos passos: configure o portal de cursos definidos as informações do gateway de pagamento, paypal ou stripe, as chaves de api do YouTube e vimeo para as vídeos aulas. Depois disso, é necessário definir as configurações dos instrutores e SMTP, inserir a logomarca e criar as categorias dos cursos. 

Os cursos podem ser criados com o gerenciador de aulas e seções avançadas. O currículo e outras configurações de um curso são organizados de forma tão intuitiva que qualquer pessoa pode facilmente publicar um curso.

Os alunos podem se matricular em seus cursos favoritos. Há muitas opções de filtros para escolha do curso certo. Uma página dedicada a “meus cursos” fica disponível para o aluno ver a lista de cursos comprados. Os alunos podem começar ou continuar a estudar a partir de qualquer dispositivo, em qualquer momento e em qualquer lugar. Eles também podem salvar um curso na lista de desejos para compras futuras.

O administrador pode permitir que qualquer instrutor crie e envie cursos. Os recebimentos podem ser divididos de acordo com a taxa de comissão definida no seu site. Depois de um instrutor criar um curso, o administrador precisa aprová-lo para começar a vender. 

O relatório detalhado de pagamento é mostrado no painel administrativo. A opção de visualização do relatório com base na data é projetada para facilitar a compreensão do crescimento do negócio e do status de inscrições no curso.

16 de novembro de 2020