Especialista aponta 10 dicas para adquirir o domínio(www) correto

Fique atento ao desconto das empresas de domínios. Pode sair mais caro do que pensa

SÃO PAULO, 28 de Fevereiro de 2019 — Domínios na internet estão cada vez mais caros isso todos sabem, além de tornar-se um “comércio de feira”, onde as empresas que vendem um domínio oferecem muitos outros tipos de serviço, vale a atenção para o que vem depois na renovação. Conversamos com o CEO da empresa de web, Agência MF, que chamou a atenção para os cuidados que temos que ter ao comprar um domínio e a atenção para os pacotes oferecidos, assim como na renovação. Sugerindo inclusive que procure especialistas para esses serviços. 

“Os inúmeros pacotes que oferecem não é o único dos problemas, tive um caso de um cliente que comprou um domínio no GoDaddy, em uma promoção, e depois tornou-se escravo dessa empresa americana. A renovação do domínio veio cada vez mais cara todo ano, um valor realmente absurdo tratando-se de uma normalidade.” Diz Fabiano Rodrigues. 

Confira as 10 dicas de Fabiano de Abreu para quem quer adquiria um domínio:

1 – Opte por um nome curto e simples

Assim, irá permitir que o mesmo seja facilmente memorizado pelos utilizadores e clientes. Evite criar um domínio demasiado longo ou complexo.

2 – Pense no seu público 

Seu domínio é uma ferramenta de branding, pense no público sempre antes de decidir um nome. Pense sempre nas possibilidades fáceis de lembrar e digitar, não perca visitas por não ser encontrado. 

3 – Localização 

Pense na localização do seu domínio, você será encontrado mais facilmente na região correta, se está no Brasil, opte pelo .com.br mas se sua empresa abrange o mercado internacional, pense no .com

4 – De fácil compreensão e de fácil digitação

O endereço deve ser fácil de pronunciar. Se um Cliente ou Colaborador transmitir o seu contato é importante que o mesmo seja sonante e fique na memória.

Por outro lado, quanto mais simples for a sua digitação, mais fácil será encontrá-lo. Evite nomes demasiado complexos, um potencial cliente pode desistir de o encontrar perante estas dificuldades.

5 – Evite utilizar números ou hífens

Evite o uso de números ou de hífens, podem ser prejudiciais. Quando se trata de números, os utilizadores tendem a ficar sem entender se o número será utilizado como numeral ou por extenso (cinco ou 5?). Quando utilizamos hífen, na altura de o digitar, os utilizadores também poderão ficar confusos (o hífen é antes ou depois do de?).

6 – Faça um brainstorm

Tenha em mente algumas opções de termos, palavras e ideias que quer que o seu domínio transmita. Se você, por exemplo, quer registrar um domínio relacionado a bicicletas, comece com alguns termos como: “ciclismo, bicicletas, ciclistas, pedalar” e vá anotando-os e combinando-os até chegar em algumas opções.

7 – Pense nas redes sociais 

Procure nomes que também estejam disponíveis nas redes sociais. Se não encontrar, busque variações. 

8 – Peça opinião

Como diz a frase, ‘duas cabeças pensam melhor que uma’, vale a pena pedir opinião de outras pessoas para ter a certeza que a sua escolha não agrada apenas a si mas também a mais pessoas. 

9 – Escolha uma empresa de domínio que não te dê trabalho

Vá ao Reclame Aqui e veja se a empresa que pensa em contratar tem muitas reclamações e a avaliação dos clientes na internet.

10 – Escolha a extensão indicada

Estão disponíveis mais de 900 extensões e a sua escolha deverá ser efetuada com base naquele que é o seu mercado. No entanto, é altamente recomendável que registe o seu domínio nas diferentes extensões, de forma a evitar que venha a ser registado pela concorrência.

Exemplos de extensões e respetiva finalidade:

28 de fevereiro de 2019