Fotografia infantil: aprenda como fazer boas fotos para registrar a diversão da criançada nas férias

Divulgação / MF Press Global

Além registrar recordações, fotografias são uma ótima maneira de acompanhar o crescimento dos pequenos

Fotografar os filhos pode ser um grande desafio para os pais, afinal, eles não param quietos e dificilmente querer posar para a câmera. Porém, a fotógrafa premiada Claudia Ruiz garante que é possível transformar o registro fotográfico em um momento agradável e sem muita dor de cabeça adotando medidas simples e se aproveitando da hiperatividade natural das crianças.

Segundo a fotógrafa, a melhor estratégia para conseguir boas fotos é observar. Não basta simplesmente clicar o que as crianças estão fazendo, o interessante é eternizar reações curiosas e a interações dos pequenos com objetos. “Costumo dizer que para tirar boas fotos de crianças é preciso estar com o fôlego e os joelhos em dia. É necessário abaixar e levantar muito para acompanhá-las em suas atividades e conseguir clicar momentos autênticos e espontâneos”, ensina.

Divulgação / MF Press Global

Crie um ambiente favorável

As crianças devem estar à vontade para as fotos. Forçá-las a segurar um brinquedo ou pedir que elas façam determinada pose dificilmente funciona. Segundo a especialista, é importante lembrar que a foto precisa transmitir o que aquela criança é e não o que os pais gostariam de ver. “Nunca se esqueça que as fotografias não são só dos pais, mas para os filhos também”, aponta. 

Fotografe na mesma altura da criança

Segundo Claudia Ruiz, é preciso evitar alguns ângulos e posições, como fotografar de cima para baixo, o que remete a uma superioridade. O ideal é ficar na altura deles. “Além disso, evite as fotos posadas. Sorrisos naturais são difíceis de conseguir, mas as fotos espontâneas são muito mais graciosas pois contém expressões faciais e corporais genuínas”, aponta.

Divulgação / MF Press Global

Seja criativo

Apesar de fotos em parque e praias serem interessantes, documentar a rotina dos filhos também é importante. O antes e depois das atividades, o escovar de dentes e o café da manhã são exemplos de momentos que podem gerar bons registros. “Lembre-se que a fotografia tem que cumprir o papel de contar histórias. E que fotos forçadas ou vazias não dizem nada”, defende.

23 de janeiro de 2020