Isaias Junior revela o segredo do sucesso por trás do canal ‘Climatologia Geográfica’, com mais de 5 milhões de inscritos

A página Climatologia Geográfica é sucesso na rede social, com mais de 5,2 milhões de inscritos. Por trás de todo esse sucesso está Isaias Junior, empreendedor, fotógrafo e divulgador de artigos científicos, que administra as redes sociais e gera a maior parte do conteúdo.

Conheça um pouco da história de sucesso do canal e da vida de Isaías Junior, que optou por trocar o Brasil por Portugal em busca de qualidade de vida e inspiração para seus artigos.

Como surgiu a idéia do canal?

Meu canal surgiu na época que eu fazia faculdade. Pretendia divulgar minha área de estudo, e criei o canal para tornar a climatologia mais conhecida e difundida no meio popular.

Qual o foco do canal?

Quando eu saí da faculdade, expandi o canal com a intenção de divulgar toda a ciência (meu público pedia isso).

De onde vem a maioria dos leitores?

Meus leitores são jovens adultos que se interessam por fenômenos naturais, climatologia, geografia, e mudanças climáticas.

Como consegue as referências para as publicações?

Minhas referências vem de amigos e colaboradores formados e especialistas no assunto da climatologia e afins, que voluntariamente se oferecem para escrever alguma coisa relacionada à sua área. Alguns costumam traduzir sites ou papers famosos científicos para nossas publicações.

Isaias Junior em expedição à Islândia (Foto: Reprodução)

Acredita que o sucesso seja o fato de ser um dos únicos canais com esse tipo de conteúdo?

Nosso site (climatologiageografica.com) é credível por ser um dos poucos, se não o único a focar totalmente na ciência e cobertura de eventos naturais.

Qual segredo para ter um canal com grande número de acesso na rede social?

O segredo é você misturar conteúdo de entretenimento e jogar uma pitada de informação. Isso aguça a curiosidade para assuntos mais profundos.

Isaias Junior na Holanda (Foto: Reprodução)

Onde nasceu e onde vive agora? Por que escolheu morar em Portugal?

Nasci em Fortaleza/Ceará e agora moro em Cascais, Portugal. Escolhi Portugal pela segurança. Eu tinha crises graves de ansiedade antes de vir pra cá por causa do medo diário do crime e da violência (ia parar no hospital 2x por semana com crises).

Você produz também os próprios conteúdos para o site?

Quase todo conteúdo é cedido por canais credíveis estrangeiros. Alguma coisa (como as nossas expedições) são escritas por voluntários ou por mim.

25 de fevereiro de 2019