Não cuidar dos dentes ocasiona doenças que podem ser fatais. Confira a opinião de três especialistas

Não cuidar dos dentes pode levar à evolução de quadros perigosos de doenças – Foto: Pixabay

É bastante comum ouvir que a saúde bucal é vital para a saúde geral. No entanto, boa parte da população vive com problemas periodontais ou gengivais, que muitas vezes não são diagnosticados e podem ocasionar problemas graves de saúde que levam até mesmo a óbito.

Há evidências apontadas por diversos estudos da correlação entre a saúde bucal e problemas do coração, AVC, arteriosclerose, inflamações, etc. Logo, a saúde bucal fornece sinais de advertência aos médicos para uma gama de problemas e doenças. A saúde bucal e diversas outras doenças estão conectadas pela disseminação de bactérias – e outros germes – a partir de sua boca para outras partes do seu corpo através da corrente sanguínea.

Os especialistas em odontologia Dr. Márcio PassosDr. Eduardo Nakanishi e Dr. Gustavo Issas da Personal Odontologia apontam alguns dos principais perigos aos quais ficamos expostos quando negligenciamos o cuidado adequado aos dentes:

Dr. Márcio Passos: “Problemas gengivais provocam diversas outras doenças que são sentidas pelo corpo. As doenças do coração podem ser influenciadas por problemas periodontais, como a gengivite. Um estudo da Unicamp, identificou que 60% dos indivíduos com cardiopatia apresentava bactérias bucais nas artérias coronárias. Essa situação acontece devido ao ferimento na gengiva, que faz com que as bactérias entrem pela corrente sanguínea. Nesses casos, há o risco de o coração parar de bater e de o indivíduo sofrer um infarto”.

Dr. Eduardo Nakanishi: “o câncer de boca pode surgir a partir de uma má higiene bucal, mas também por resíduos que se acumulam em dentes fraturados com bordas cortantes ou próteses dentárias mal adaptadas. Os sintomas aparecem através de feridas ou úlceras na boca, muitas vezes parecidas com aftas. O aparecimento de muitas aftas de forma constante e com uma cura demorada deve ser diagnosticado com urgência”.
Dr. Eduardo Nakanishi – Foto: Reprodução
Dr. Gustavo Issas: “Em mulheres grávidas, problemas bucais podem ocasionar até o nascimento prematuro de bebês. Os estudos apontam que a enfermidades na gengiva aumentam os níveis dos fluidos biológicos que estimulam o trabalho de parto. Quando há um quadro de piora durante a gestação, a probabilidade do bebê nascer prematuro aumenta consideravelmente, o que é muito arriscado”.
Dr. Gustavo Issas – Foto: Reprodução

10 de abril de 2019