Nara Vilas Boas Bueno e Lopes, a advogada Eleitoralista renomada por ser bem-sucedida em casos emblemáticos já se prepara para próximas eleições

Nara Bueno e Lopes é Mestra em Direitos Humanos (com ênfase em democracia e gênero) e especialista em Direito e Processo Eleitoral pela UFG (Universidade Federal de Goiás), entusiasta de política por natureza, escritora, extremante estratégica e perfeccionista, se destaca já há alguns anos ao lutar para o movimento de dar vozes às minorias, o que faz da advogada também uma importante influencer em sua área. Inclusive ao tratar desses assuntos, a advogada também dedica sua atuação à questão feminista.

De forma clara e objetiva, trata da ocupação do poder e feminismo em seu livro “O Pequeno Manual das Mulheres no Poder”,  à venda na Livraria Loyola, obra lançada pela Editora Matrioska.

Também, em seu Instagram @naravilasboasbuenoelopes é possível encontrar o link para a compra de seu livro, que adentra  nesse sensível ponto do Feminismo como defesa da igualdade entre homens e mulheres, bem como tomando lugar em espaços de poder de forma efetiva. Além disso, a advogada Nara Bueno e Lopes está sempre expondo novos projetos dos quais faz parte e mostrando sua participação em variadas formas midiáticas. Excelente acompanhar seu trabalho em suas causas pessoais de luta  e também às suas causas profissionais que envolvem o Eleitoral.

Ao ser perguntada sobre seu cobiçado trabalho, a Especialista em Direito e Processo Eleitoral, Nara Bueno e Lopes diz: “A função da advocacia, para mim, é de romper barreiras. Quando sou contratada, tenho em mente que, além de apresentar as regras eleitorais para meus e minhas clientes, devo instruí-los/las dentro dessas normas, para que as campanhas sofram menos sanções e os candidatos e as candidatas obtenham êxito. Por outro lado, quando os clientes já possuem alguma dificuldade e/ou impedimento judicial de disputar o pleito, o que busco é uma outra fronteira, um outro entendimento na defesa de seus interesses. Minha função é buscar decisões inéditas e personalizadas que beneficiem aqueles que represento e, sobretudo, que essas decisões sejam um novo olhar do Direito posto.”

Exatamente o necessário para pretensos candidatos: não sofrer sanções, resolver o que há de ser resolvido e também focar nos pontos fracos dos adversários. Por isso, a renomada advogada Nara Bueno e Lopes se torna cada vez mais respeitada na área eleitoral e também por ser excelente em estratégias jurídicas voltadas para política de defesa e de ataque: “A arte da luta política para mim é um encanto, gosto de desafios, e de vencer desafios, de múltiplas e criativas formas de resolver demandas judiciais. Busco estar sempre pautada pela lei, atualizada e também atenta à política em si. A junção desses fatores é um desafio e uma inspiração para mim. Meu objetivo é, claro, lograr vitória, em especial, nas instâncias superiores!”.

Nesse toante, a advogada, pesquisadora acadêmica e ativista em diversas causas sociais, Nara Bueno e Lopes diz ter estratégias diferentes: “Gosto dos casos desafiadores e de tratar daquilo que outros não costumam tratar, tenho tutano e gosto de trabalhar com quem também o tem. E gosto de ter êxito, e de fazer os meus clientes terem êxito em suas questões.”

Definitivamente, para seus clientes de representação ou consultoria, a advogada tem estratégias diferentes das usuais, um perfil único dentro desse meio em especial. As eleições gerais acontecem apenas no próximo ano de 2022, mas, tanto os políticos que visam se candidatar e objetivam a vitória de fato, quanto as àqueles que trabalham com eles, para fazer isso possível já começam a se preparar desde muito antes. Segundo a famosa e bem sucedida advogada eleitoralista, em se tratando da parte jurídica “Essa é a hora. Essa sempre vai ser a hora. As demandas de uma campanha são diárias, e precisam de atenção e cuidado especial em conhecimento e em tempo. A antecipação nessa seara pode ser determinante para a vitória”, acrescenta. As eleições no Estado, e também no País, serão possivelmente calorosas e para tanto o jurídico deve atuar com precisão irretocável. Principalmente em instâncias superiores, paixão particular de exercício dos conhecimentos da advogada.

A Dra Nara Bueno e Lopes é uma das mais conhecidas do seu campo, e se orgulha de trabalhar com empenho em todas escolhidas e exclusivas causas. Tendo trabalhado já com vários nomes de peso e tendo para si uma gama de vitórias diretas e indiretas de extrema importância.

Assim, a Dra. Nara Bueno e Lopes, que recentemente concorreu nas eleições da OAB/GO ao prestigiado cargo de Conselheira Federal, tem sido reconhecida nacionalmente e ainda mais especialmente em Estados da sua Região,  por seu lograr em causas emblemáticas e de grande desafio. E diz: “sempre um prazer trazer à luz aquilo que é novo e desafiador para o meu trabalho e para o direito Eleitoral em si”. 

Na última eleição local de 2020, a advogada conseguiu uma inédita decisão na Justiça Eleitoral, ao conseguir o reconhecimento de violência política contra a candidata à Prefeita de Goiânia, capital do Estado de Goiás. No caso, o próprio partido retirou a candidata da disputa. A advogada conseguiu manter a candidata (Dra. Cristina) nas eleições e, ainda, possibilitou que a própria candidata indicasse o nome de seu candidato a vice-prefeito. Um caso único! Marcante para a história do Direito Eleitoral a nível nacional.

A preparada e firme advogada gosta de definir seu trabalho como “advocacia artesanal” por seu extremo cuidado e estudo para com as causas que assume e também por ela mesma fazer questão de, estrategicamente, criar suas teses, escrever e defender, visando sempre a vitória.

Por isso, desde já começa a se preparar desde os estudos até a análise e conversa com os pretensos candidatos. Justamente porque a prática jurídica para ela é baseada no bom gerenciamento de tempo e colocando seu conhecimento e seu amor pela Justiça em cada um dos casos que assume.

Como intelectual e boa feminista, ativista dos direitos das minorias, que acredita na igualdade e na justa voz de todos e todas, a advogada escolheu atuar no campo eleitoralista também pelo desafio da própria área. Nara Bueno e Lopes atua em cidades do interior e em capitais, em Goiás, Distrito Federal, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro e em outros Estados – onde há alguém com um caso eleitoralista que tenha um embate a ser solucionado e que necessite de realmente dedicação e profissionalismo. Sobre seu esmerado trabalho, ela diz nitidamente apaixonada pelo seu trabalho: “Sou muito estudiosa e sempre busco enxergar o direito e o processo eleitoral com um olhar de implementação de direitos humanos. Porque a democracia é um direito humano. Acredito que esse é um diferencial para conseguir decisões igualmente diferenciadas. Trabalhar com essas perspectivas é um privilégio muito grande.”

Mais além, explica sobre a relação de feminismo e poder e sobre sua posição esse assunto, que muitas vezes é considerado tabu, embora já não mais devesse ser assim: “Interessante que a maioria das pessoas possui uma visão equivocada acerca da agenda feminista. O feminismo defende a igualdade de direitos e oportunidades para ambos os sexos. No caso, o feminismo é benéfico para o fortalecimento de todos os processos democráticos e, ao fim e ao cabo, para toda a nossa democracia. Portanto, a agenda feminista como plano de fundo beneficia homens e mulheres, sejam eles candidatos/as ou eleitores/as, porque consiste na implementação de direitos políticos enquanto direitos humanos.”

Ainda nesse sentido de mostrar benefícios para o complexo total, Dra Nara Bueno e Lopes adianta que já começou a trabalhar em seu novo livro e que ele também fala de política e poder, a partir de uma nova perspectiva de esclarecimento e tratando de mais vozes, e dos benefícios que podem trazer essas pautas. Podemos ficar atentos porque certamente será uma excelente e didática leitura.

Em paralelo, o que também pode ser acompanhado através de seu Instagram, @naravilasboasbuenoelopes, trata da latente necessidade de mais mulheres e vozes de minorias nos espaços de poder, diversos sejam eles, para revogar a igualdade e a paridade de gêneros para os assim termos abrangência social progressista baseada em dar voz a minorias.

Tanto o público relacionado ao Direito, quanto as demais pessoas interessadas em política e feminismo, podem acompanhar seu Instagram, @naravilasboasbuenoelopes. A Dra Nara Vilas Boas Bueno e Lopes nos instiga para que esses assuntos sejam inseridos no cotidiano. Há muito o que aprender e acompanhar.

29 de novembro de 2021