Personal Branding: conheça o conceito das novas profissões do futuro

O seu futuro pode passar pelo ‘Personal Branding’. Mas afinal o que é isso? São pessoas que são especialistas em transformar a si mesmas e suas carreiras, assim como outras pessoas em marcas, e assim comercializá-las.

O filósofo Fabiano de Abreu é um especialista em personal branding e aponta que esta vertente tem sido muito importante para direcionamento de pessoas e carreiras: “em um mercado onde a evolução é constante, é muito importante saber que você, como indivíduo, precisa firmar sua marca pessoal e que esta é a mais importante estratégia de marketing que existe. Todos nós possuímos uma marca que deve ser compreendida, para que assim, seja estabelecida e mostre nosso valor. Mesmo que muitos de nós não estejamos atentos a isto ela existe, e parte do meu trabalho atualmente é nessa área de atuação”.

Fabiano de Abreu – Foto: Reprodução

A figura do Personal Branding é algo que as empresas tem buscado bastante por ser capaz de personificar a figura de um verdadeiro “garimpador de talentos”, para que sejam supridas as necessidades de alinhamento para responder a esse novo momento de mudança empresarial: “quando olho para um cliente e ouço suas histórias de vida imediatamente penso na construção da marca pessoal, do que pode interessar destacar, de suas qualidades e trajetória. Isto pra mim é algo que acontece com naturalidade, sempre fui um personal branding antes mesmo do termo se popularizar”, comenta Fabiano.

De acordo com o filósofo, as pessoas precisam ter uma gestão de marca pessoal aperfeiçoada para se destacar no mercado de trabalho: “a dinâmica de mercado mudou. Existe agora um foco a incentivar relações mais humanizadas nas instituições, apesar do aumento da competitividade e globalização devido às conexões online e o chamado home office. A entrada de uma nova geração no mercado de trabalho com outros anseios e visões mudou completamente as regras do jogo, e assim todos esses fatos refletem na mudança das estruturas organizacionais e na nossa forma de lidar com a carreira e a vida profissional. Por isso, não se trata de uma hora para outra começar a falar sobre você mesmo no seu Linkedin ou Facebook. Não tem a ver com autopromoção e sim em diferenciar-se e conectar-se com o seu público de maneira mais humana e autêntica, além de crescer a sua rede de contatos de maneira valiosa.

31 de março de 2019