Pioneira no Close Friends, modelo Letícia Gabriela revela segredos para alcançar o sucesso nas redes

Com mais de 530 mil seguidores no Instagram, a jovem aposta na espontaneidade para atrair cada vez mais fãs

Divulgação

Fazer sucesso nas  Internet é o desejo de muitas pessoas. Para a modelo paranaense Letícia Gabriela, que alcançou a fama nas redes sociais com apenas 20 anos, o segredo para se destacar é ser sempre você mesmo e trabalhar com espontaneidade.

Com 530 mil seguidores conquistados em apenas dois anos, a jovem iniciou sua carreira nas redes como modelo de foto sensuais. Para isso ela criou a personagem Letsgab (@letsgab_). “Comecei a me destacar no Instagram por ser uma pessoa de extrema espontaneidade, única e também muito sensata. Minha sensualidade sempre chamou a atenção dos internautas. O segredo para o sucesso é ser você mesma sempre”, destacou.

Ela, inclusive, foi uma das pioneiras a utilizar o Close Friends no Brasil, uma ferramenta do Instagram onde é possível apresentar fotos mais ousadas e stories exclusivos para um grupo selete de amigos.

“Meu foco nunca foi o Close Friends, apesar de ter sido uma das três pioneiras. Ingressei nesse mercado um ano atrás, quando vi que tinha enorme probabilidade de estourar em meio a pandemia e conseguir um retorno financeiro muito bom, ainda mais por eu trabalhar um conteúdo sensual, onde existe muita procura”, destacou.

Na rede social , o assinantes têm acesso a conteúdo sensual da modelo,  exibicionismo, seminu, nu, além do envolvimento dela com  outras pessoas. “Já teve, inclusive, famosos que participaram do meu Close Friends”, acrescentou Letícia, que, inclusive, defende a liberdade das mulheres nas redes sociais e também na vida.  “Sempre fiz o que eu bem entendia e também sempre incentivei outras mulheres e até homens a fazerem tudo o que tem vontade, sem ter medo do que os outros iriam pensar ou falar”.

Carreira

Letícia Gabriela se tornou a personagem Letsgab há dois anos, após superar a depressão causado por um abuso sexual vivido aos 17. Ela estava em uma balada, quando foi dopada por um homem, levada para um motel e estuprada.

Após o episódio, a jovem conseguiu recuperar sua autoestima e a vontade de viver fazendo fotos sensuais. A atividade, que até então lhe garantia mais qualidade de vida e um fôlego para seguir em frente, se tornou um trabalho de sucesso. Atualmente ela se destaca cada vez mais nas redes sociais usando a sexualidade a seu favor.

12 de janeiro de 2021