Rafa Pecky mostra o cotidiano de uma mulher da vida real na internet através do humor

Mostrando o seu cotidiano e valorizando a vida real, Rafa Pecky é um fenômeno na internet e já acumula mais de meio milhão de seguidores no Instagram.

A humorista Rafaella Pecorelli, natural de João Pessoa, na Paraíba, conhecida nas redes sociais e nos palcos como Rafa Pecky, está chamando a atenção nas redes sociais com um estilo de humor espontâneo, que mostra o cotidiano e as agruras de uma mulher da vida real, longe do padrão ‘blogueirinha’, sem filtros, e com um corpo com curvas reais. Desse modo, a Influencer já passa da marca de meio milhão de seguidores no Instagram e segue crescendo em audiência

Relatos reais com pitadas de humor

As situações hilárias apresentadas por Rafa Pecky são cenas que já sucederam à maioria das pessoas, seja em relacionamentos, no trabalho, com amigos ou em casa. No entanto, a humorista traz estes relatos com um toque especial da sua personalidade e do seu senso de humor alternativo.

Para longe da glamourização, a humorista mostra um lado bastante próximo da vida comum das pessoas, de milhões de anônimos que podem ser representados pelos seus vídeos e pelas historias contidas neles: “Eu mostro a realidade da nossa família, o cotidiano mesmo e as pessoas se identificam, conseguem se reconhecer nessas situações e por isso faz sucesso. As mulheres, principalmente, se encaixam nos vídeos e nessas cenas engraçadas”, explica.

Mulheres no poder

Os seus posts com maior visualização, além dos Memes e paródias, são os que relatam o universo feminino e dialogam com este público: “quero dialogar com todos através da minha arte, mas em especial, como mulher, representar o público feminino, que é minoria no meio humorístico. Há infelizmente muitas pessoas que ainda pensam que uma mulher não consegue ser engraçada, que para ter sucesso é preciso ser sensual e estampar uma capa de revista masculina. Nós mulheres podemos ser o que quisermos, e eu quero abordar através do humor esta questão e mostrar que não apenas podemos ser engraçadas e inteligentes, falar da realidade sob a nossa ótica e fazer a diferença.”

30 de julho de 2020