Rede Social do Bem: Agência Plataforma Digital Redes usa o poder da mídia social e para promover ações sociais em Goiânia

Sarah Garcia, empreendedora e dona da agência de assessoria em mídias sociais Plataforma Digital, fala sobre sua história de vida e como utiliza o poder da internet para promover boas iniciativas de cunho social e desportista.

GOIÂNIA, 26 de Fevereiro de 2019 — A internet e em especial as redes sociais são os canais de maior projeção e visibilidade que existe em nosso tempo. Quando o poder e o alcance da rede mundial de computadores e das mídias sociais é usado para o bem, e para promover iniciativas de cunho humanitário e social, grandes feitos podem ser realizados.

Cientes da importância de um projeto ter destaque na web, o que lhe confere grande respaldo para a continuidade e legitimidade, a empresa Plataforma Digital e seus colaboradores estão voluntariamente agregando a seu trabalho a ação social dentro das mídias digitais, expondo e promovendo iniciativas que causem impacto positivo na vida das pessoas, dentro e fora das plataformas mais utilizadas no mundo, como Facebook, Twitter e Instagram.

A empresária Sarah Garcia, da Plataforma Digital Redes (Foto: Divulgação)

Umas das idealizadoras desse projeto é a proprietária da Plataforma Digital, a empresária Sarah Garcia. A jovem empreendedora tem apenas 22 anos, mas tem uma vida ativa e engajada nos projetos sociais de sua cidade, Goiânia, onde também fica a sede de sua empresa. Sarah sempre foi ligada em projetos sociais direcionados para pessoas carentes dentro delas crianças e adultos, anos atras era uma das organizadoras do projeto chamado “Guerreiros do Bem”, onde acolhia crianças e adultos que tinham a intenção de aprender jiu jitsu. Os alunos da iniciativa participaram de campeonatos, assim como a  própria Sarah, que chegou a ser campeã open goiano de jiu jitsu, além de outras conquistas como melhor equipe do campeonato: “esse projeto teve um grande destaque por ser filiado a Gracie Barra, um dos nomes mais importantes no mundo esportivo do jiu jitsu”, comenta.

Sarah precisou afastar-se das competições e do tatame por motivos médicos, mas não desistiu de suas intenções de ajudar o próximo e de promover a prática desportiva, e por isso teve a ideia de usar sua empresa para continuar a promover as ações sociais. Assim, a Plataforma Digital organizou um projeto de impulsionamento nas redes sociais e criação de artigos para divulgar as iniciativas.

uma das principais ações foi a criação de videos para promover a arrecadação de dinheiro para a uma criança da região, chamada Ayla, que é portadora da doença AME e precisava de tratamento urgente. Foram criados videos para todas as modalidade de mídias digitais, no intuito de conseguir a compra dos medicamentos necessários para o tratamento. 

Outro projeto agregado pela empresa foi a administração do perfil “Ariel Sabores”.  Ariel é um menino com autismo, e seu pai vende trufas nos bares de Goiânia para ajudar nas despesas médicas de Ariel. Isto chamou a atenção da jovem empresaria, e assim ela começou a impulsionar o perfil da iniciativa para aumentar as vendas. Desse modo chamou atenção de famoso, como o cantor Marrone, da dupla sertaneja Bruno e Marrone e o cantor Silvan Santos, que colaboraram com a iniciativa após a divulgação feita pela Plataforma Digital.

As pipocas feitas pela mãe de Ariel e seu pai é a única fonte de renda da família para custear as necessidades do menino com autismo. Dentro desse projeto, Sarah criou a logo, os cardápios, e fez uma sessão de fotos profissionais, além de artes de divulgação para a iniciativa.

Engajada, Sarah Garcia espera poder ajudar mais, e realizar ações ainda maiores do que essas. Ela acredita que sua empresa tem grande potencial para promover acoes de tal importância para a questão social: “quem nao é visto nao e lembrado, e eu desejo que todas as boas acoes sejam vistas e lembradas, e que promovam a empatia, o amor ao próximo e o auxílio mútuo”. 

26 de fevereiro de 2019